<$BlogRSDUrl$>

sábado, maio 28

“Querida, encolhi o pavilhão” 

Depois de usar indianos, paquistaneses, moçambicanos e chineses “pagos” para encher comícios (ver o vídeo), o PS passou a usar… lisboetas. Passei há pouco no pavilhão do OAF (Académica) na Solum em Coimbra, onde foi esta noite o comício do PS, e vi um rodopio de autocarros (vídeo1, vídeo2) a encherem-se de pessoas com bandeiras do PS. Perguntei para onde iam e responderam-me: para Lisboa. Vi 6 a 8 autocarros naquele momento (não tenho a certeza do número porque alguns estavam em movimento em torno do pavilhão).

Pouco antes tinha entrado no pavilhão. Na televisão, onde se falava de um “mar de gente”, o fundo negro por trás das bancadas deixou-me curioso: o que se esconde por detrás daquelas cortinas? A resposta correspondeu ao que eu esperava: mais bancadas, como se pode ver no vídeo abaixo.





Se se marca um comício para um pavilhão que dispõe de bancadas, para quê ter o trabalho de montar e depois desmontar outras bancadas (e cortinas, etc) transportadas em grandes camiões? O contribuinte português tem mesmo de andar a pagar subsídios aos partidos para montarem estas campanhas megalómanas que desperdiçam carradas de dinheiro, só para não parecer demasiado mal na TV a incapacidade de um grande partido encher um pavilhão desportivo de média dimensão?

Não seria mais honesto (e barato!) deixar este aparato artificial e reservar o comício para uma sala de reuniões que se pudesse realmente encher, com gente realmente de Coimbra?

E os socialistas revêem-se nesta palhaçada de aparências?



Adenda, 28/5/2011:
- Jornal de Notícias: "No dia em que teve mais ouvidos para o escutar - a "arruada" em Barcelos, a meio da tarde, foi a mais longa e concorrida até agora, e o comício da noite, em Coimbra, também teve uma enchente"
- Jornal i: "A aparição de Alegre em Coimbra foi bastante aplaudida por um pavilhão cheio de apoiantes."
- Expresso: "Num comício, ontem à noite, em Coimbra, o ex-candidato presidencial fez levantar o pavilhão da Académica por várias vezes."
- Sol: "no 'mini-estádio' montado dentro do Pavilhão da Académica, falando perante mais de mil pessoas." (noutro local lê-se que o "estádio-portátil" tem 700 lugares sentados; 8 autocarros cheios são cerca de 500 pessoas)
- Público: "Dentro do pavilhão, que estava lotado de apoiantes"
- Diário de Notícias: "Num pavilhão cheio (embora diminuído pelo cenário montado pela máquina de campanha)"
Adenda, 29/5/2011:
- SIC: "Foi até ao momento o maior comício dos socialistas nesta campanha; Coimbra dá ao PS o maior comício dos últimos dias"
- TVI24: "o histórico socialista insuflou de energia o Pavilhão da Académica, que esteve lotado"
- As Beiras: "Num pavilhão da Académica/OAF muito bem composto de público – nas hostes socialistas dizia-se mesmo que o comício conimbricense foi, até ao dia de sexta-feira, o melhor da campanha eleitoral"
- Diário de Coimbra: "José Sócrates falava no final do comício socialista que encheu o Pavilhão da Académica"
- como se vê neste vídeo e nestas fotos (agradecimentos aos Blogs "Mocho-III" e "O Rouxinol de Pomares"), há uma zona reservada aos jornalistas, que vêem o comício do lado de dentro. O número de lugares sentados dificilmente chega aos 700 e deixa pouco espaço para lugares em pé. O mesmo esquema foi usado pelo PS no mesmo pavilhão nas legislativas de 2009.
- O pavilhão dispõe de mais de 1500 lugares sentados, que davam e sobravam para sentar confortavelmente todos os presentes, sem gastar um tostão.
Adenda, 31/5/2011:
- RTP: "Um Megacomício em Coimbra" (minuto 10:58); "O maior comício da campanha socialista" (11:48)

Comments:
Roubei para o Aventar.

http://aventar.eu/2011/05/28/querida-encolhi-o-pavilhao/

(agendado para as 23h)
 
lol..excelentes efeitos especiais..
palhaços!
 
Agradeço a partilha. Vou levar para o http://oeiraslocal.blogspot.com
 
Infelizmente, a mentira em todas as dimensões, parece ter-se institucionalizado, com os políticos, seus maiores clientes. Porém, um fenómeno está a acontecer, hoje, graças às redes sociais,que parece sobrepor-se, imagine-se, ao próprio,jornalismo. Há nesse fenómeno uma neutralidade, que seria bom servisse de exemplo ao que deve prevalecer no jornalismo, em algum jornalismo, dizer o que se vê, o que se ouve,nem mais nem menos. Talvez ainda não haja um verdadeira consciência desse fenómeno, mas ele está aí com muita barbárie à mistura, mas com muito trabalho e resultados apresentados. Veio para ficar e para ser a voz e a visão transparente da noticia, contra qualquer espécie de manipulação. Assim a censura não se instale de novo.
 
Também não consegui resistir e... "roubei" para o "Pinhanços dixit..." http://pacodearcos.blogs.sapo.pt
 
Passei e levei esta pérola do PS :)
 
Com a devida vénia vou o 2711 vai publicar este grande achado.
 
Vou publicar no FB. Abraços
 
Boa Noite
É sempre importante ver as coisas como elas são.
Bom trabalho, também publiquei no FB
 
Publicar um comentário
This page is powered by Blogger. Isn't yours? Weblog Commenting by HaloScan.com