<$BlogRSDUrl$>

sábado, outubro 13

Gore e o Juiz 

Alguns blogs, os habituais, rejubilaram com a notícia do juiz que encontrou "erros" no filme de Al Gore. Imediatamente deram toda a credibilidade aos "erros" apontados pelo juiz e teceram um enorme rol de considerações, em grande parte baseadas no pressuposto ingénuo de que um juiz tem a última palavra na determinação da validade de toda e qualquer explicação científica. Se o juiz diz que há um erro científico, é porque assim é e toca a elaborar a partir daí. Parece-me um mau princípio, até porque há antecedentes perigosos no que se refere a julgamentos de teorias científicas, mas adiante.

Goste-se ou não de Gore e do seu filme, não deixa de ser interessante observar como é fácil espalhar-se notícias destas, que facilmente ganham uma visibilidade comparável à da atribuição do prémio Nobel, sem se examinar se o júri não estaria ele próprio enganado quando apontou alguns dos "erros" e sem se ver se os "erros" o eram realmente. Assim, para que se possa ir um pouco mais além do mero título da notícia, deixo aqui esta interessante análise do tema, complementada aqui.

Comments: Publicar um comentário
This page is powered by Blogger. Isn't yours? Weblog Commenting by HaloScan.com