<$BlogRSDUrl$>

quarta-feira, fevereiro 1

nuclear, sim/não obrigado? 

face à ameaça do aquecimento global, que se vai materializando e introduzindo na consciência de todos como um facto científico real (e muito preocupante), e ao falhanço mais ou menos geral (por razões diversas) do protocolo de kyoto, penso ser altura de lançar um debate sério, a nível nacional e europeu, acerca da opção da energia nuclear_ parece-me claro que as energias renováveis muito dificilmente conseguirão suprir totalmente as necessidades energéticas crescentes da humanidade_ é assim necessária uma fonte de energia controlável, flexível e de grande capacidade para tapar as falhas de abastecimento das fontes de energia renováveis_ a energia nuclear pode muito bem ser essa fonte_ apesar de demonizada, principalmente após chernobyl , e de ter um problema sério com os resíduos finais, penso que as consequências do aquecimento global serão muito piores do que muitos acidentes nucleares e que a ciência acabará por encontrar uma solução para os resíduos (existem algumas ideias muito interessantes, como, por exemplo, o "energy amplifier" do carlo rubbia)_

o que me choca mais nesta questão é que as centrais nucleares se tornem numa mera negociata, nas mãos de grupos económicos poderosos, em que os poderes políticos embarcam numa perspectiva de servir esses e os seus interesses e não como uma estratégia energética nacional bem reflectida_ é imperioso um debate urgente sobre esta questão, analisando cuidadosa e seriamente todas as diferentes hipóteses, sob o risco de tornar os problemas irreversíveis e alterar profundamente as condições de vida neste planeta_

Comments: Enviar um comentário
This page is powered by Blogger. Isn't yours? Weblog Commenting by HaloScan.com