<$BlogRSDUrl$>

quinta-feira, fevereiro 3

fundação gates 

o muito admirado e vilipendiado bill gates criou uma fundação com o seu nome e o da mulher, melinda, que acabou de doar 750 milhões de dólares (!!) à aliança global para vacinas e imunização (GAVI) (já tinha doado outros 750 milhões de dólares em 1999 ao fundo das vacinas)_ a fundação gates é a mais rica organização de caridade do mundo (recursos da ordem de 28 mil milhões de dólares!!!), com uma receita anual equivalente à de um pequeno país_ entre as acções meritórias constam a sua contribuição (a maior dádiva de uma organização privada) para o fundo global de combate à sida, tuberculose e malária, e a ajuda a alguns países na montagem de programas de combate à sida_ foram também a força por trás da criação da iniciativa global para a vacina da sida/vih_ dentro de alguns meses começará o mais ambicioso programa de todos, denominado grande desafio na saúde global, onde pretendem eliminar os 14 obstáculos identificados nos seus objectivos no campo médico_ o nível de investimento vai transformar de uma forma importante a investigação e tratamento das doenças tropicais_ apesar dos objectivos louváveis existem dois riscos a considerar: os cientistas da fundação, mesmo inadvertidamente, acabam por controlar a agenda da investigação nestas áreas_ e outras agências governamentais e não governamentais podem ficar com a sensação que existe já tanto dinheiro nesta área que podem cortar as suas contribuições! ou seja, a fundação gates acabará por ficar com um quase monopólio nesta área (o que é que isto lembra?)_ mas a fundação está a par destes potenciais problemas e tem mecanismos para lidar com eles_ o dinheiro para investigação é atribuído através da submissão de projectos, analisados e avaliados pelos melhores especialistas na área (como qualquer
outro projecto científico)_ e as doações não serão permanentes, ou seja, os resultados vão sendo avaliados caso a caso, e os governos que não cumpram as suas obrigações serão penalizados por isso_

até agora, e em particular no caso das vacinas, o programa tem sido um sucesso_ não só na quantidade de crianças que foram imunizadas como no estímulo aos governos para contribuirem mais para esta causa, como foi o caso do reino unido e da noruega_ e todo o apoio será benvindo para cumprir o seu ambicioso objectivo: vacinação completa de pelo menos 90% das crianças que nasçam nos países apoiados pela fundação_


Comments: Enviar um comentário
This page is powered by Blogger. Isn't yours? Weblog Commenting by HaloScan.com