<$BlogRSDUrl$>

segunda-feira, maio 31

para parar os tumores, saiba como eles crescem 

foi descoberto (antonio brú espino, environmental sciences research center, spanish research council, antonio.bru@ccma.csic.es) que estimulando de uma certa forma o sistema imunitário pode fazer com que as células deste sistema rodeiem os tumores e com que estes parem de crescer_ demonstrado em ratos, a descoberta é um resultado directo da aplicação de um novo modelo universal de crescimento de tumores desenvolvido ao longo dos últimos 10 anos numa colaboração entre cientistas do spanish research council e centros de investigação médica em espanha_ os investigadores possuem provas que demonstram que todos os tumores crescem da mesma forma, independentemente do tecido ou da espécie no qual se desenvolvem (brú et al., biophysical journal, novembro 2003)_ num artigo anterior estes investigadores concluiram que o crescimento de um tumor em vez de ser exponencial como se pensava anteriormente, é um processo "linear", logo muito mais lento, semelhante ao crescimento de certos cristais e outros fenómenos naturais (brú et al., phys. rev. lett, 2 novembro 1998)_ eles descobriram que as células do tumor crescem através de difusão ou migração de células cancerígenas na parte exterior do tumor_ apenas as células perto da fronteira do tumor proliferam, não as que estão no interior, ao contrário do que se pensava_ de acordo com as observações dos investigadores, as células formadas no limite do tumor difundem-se na fronteira da massa tumoral até que se depositam em depressões curvas onde a competição por espaço é menor e onde estão mais protegidas do sistema imunitário_ no seu novo artigo, brú e colaboradores mostram que a pressão mecânica exercida pelas células do sistema imunitário chamadas "neutrofilas" em volta de tumores de ratos podem prevenir a difusão destas células e então evitar o crescimento do tumor_ em 16 ratos com massa tumoral no músculo, os investigadores provocaram a produção de neutrofila ao recorrerem a um estimulador do sistema imunitário chamado GM-CSF ao longo de dois meses_ após um curto período de tempo eles observaram que o GM-CSF alterava a dinâmica de crescimento das células_ os tumores desapareceram completamente em dois dos ratos e foi observada a morte de 80 a 90% das células canceríginas nos restantes_ se a dinâmica de crescimento de tumores é universal, existe toda a razão para ter esperança de que o mesmo resultado pode ser obtido em seres humanos_ sabendo como o tumor se desenvolve, por difusão de células na sua superfície, abre a possibilidade de desenvolver novas, e muito mais eficientes, formas de evitar o seu crescimento e alastramento_ (Bru et al., Physical Review Letters, a sair)

traduzido livremente de
PHYSICS NEWS UPDATE
The American Institute of Physics Bulletin of Physics News
Number 686 May 28, 2004 by Phillip F. Schewe and Ben Stein


Comments: Enviar um comentário
This page is powered by Blogger. Isn't yours? Weblog Commenting by HaloScan.com