<$BlogRSDUrl$>

quinta-feira, dezembro 18

pena de morte 

parece óbvio que a pena de morte, qualquer que seja o crime cometido, é uma pena excessiva e desumana! a abolição da pena de morte é um triunfo da civilização em relação à barbárie_ não consigo imaginar nenhuma razão para a sua existência e existem muitas razões para a sua abolição_ para além das razões éticas, morais e religiosas (qual o direito de uma sociedade de retirar a vida a um dos seus membros, violando o mais básico dos direitos humanos?), existem inúmeras outras razões_ vingança não é justiça_ se nenhum sistema judiciário é infalível, como é possível executar (literalmente) uma pena que é, por definição, irreversível, que não se pode corrigir mais tarde?

como é que uma pessoa com as mãos sujas de sangue (mais de 150 execuções assinadas e assim levadas a cabo, para além das ordens de bombardear outros países e assim matar "não pessoas", os designados danos colaterais) podem chamar assassino a outra pessoa (mesmo que essa pessoa também seja um assassino e numa escala muito superior)? como pode essa pessoa considerar-se cristão, quando a vida humana é o bem mais precioso e inviolável?

todos os dias tento ouvir o "senhor do mundo" sem preconceitos, como se o ouvisse pela primeira vez, mas sempre que fala sem um papel à frente, quando diz mais o que lhe passa (?) pela cabeça, sempre transparece a sua arrogância infinita, a sua certeza de infalibilidade, as suas ideias básicas de texano do petróleo, ignorante e insensível_

"só" faltam 5 anos (e quantas guerras e mortos mais?)...

Comments: Enviar um comentário
This page is powered by Blogger. Isn't yours? Weblog Commenting by HaloScan.com