<$BlogRSDUrl$>

quarta-feira, novembro 26

guerra da fome 

a guerra à fome está a ser perdida! é este o cabeçalho de muitas notícias de hoje_ mas parece que poucas pessoas estão preocupadas com o enorme preço em vidas humanas que a má distribuição de recursos origina_ os números são astronómicos: cerca de 842 milhões de pessoas passam fome ou sofrem de malnutrição no mundo! e o número está a aumentar, com 5 milhões de novos casos cada ano_ no início dos anos 90 a situação parecia estar a melhorar, mas desde aí não parou de piorar_ os países que conseguiram contrariar esta tendência,
como o brasil e a china, conseguiram-no graças a um crescimento económico mais
rápido, uma maior expansão do sector agrícola (o investimento na agricultura é uma
condição prévia para o crescimento do rendimento dos pobres e da produção de alimentos), uma menor taxa de crescimento da população, taxas mais baixas de infecção por HIV (a sida matou 25 milhões de pessoas nos países pobres) e menos casos de catástrofes naturais (secas, inundações, etc.)_ a situação torna-se ainda mais catastrófica pela injustiça (e ganância) do comércio mundial_ nos produtos agrícolas mais de metade do preço final vai para os intermediários e não para o produtor_ e os preços crescem mais rapidamente nos produtos que os países pobres importam do que nos produtos que exportam_ e o ocidente gasta 30 vezes mais em subsídios aos seus agricultores do que em ajuda externa (os estados unidos gastam 3,9 mil milhões de dólares por ano em subsídios aos seus 25000 produtores de algodão, mais do que o todo o pib do burkina faso, onde 2 milhões de pessoas vivem do cultivo do algodão)_ a europa é o segundo maior exportador de açúcar do mundo, apesar de o custo da produção de açúcar na união europeia ser pelo menos o dobro do que no terceiro mundo_ os exemplos abundam_
nós temos de destruir alimentos para controlar o seu preço no mercado e uma parte importante da população mundial passa fome_ se isto não é injustiça, o que é injustiça? a fome é a verdadeira arma de destruição em massa...


Comments: Enviar um comentário
This page is powered by Blogger. Isn't yours? Weblog Commenting by HaloScan.com