<$BlogRSDUrl$>

quinta-feira, novembro 27

daniel filipe 

daniel damásio ascensão filipe, poeta e jornalista cabo-verdiano, nasceu em 1925, na ilha da boavista, e morreu em 1964, em lisboa_ foi co-director dos cadernos de poesia notícias do bloqueio, publicados no porto entre 1957 e 1962, e colaborou em diversas publicações, como o diabo, seara nova e távola redonda e realizou, na emissora nacional, o programa literário voz do império_ na poesia destacou-se pela
combatividade revolucionária, aliada a uma fina sensibilidade lírica_ o amor e a solidão, o indivíduo e a cidade recortam-se nos seus versos com acentos originais, fluentes e por vezes inesquecíveis_ como outros opositores do regime salazarista, foi perseguido, preso e torturado pela PIDE_

trespasse

Quem tiver sonhos, guarde-os bem fechados
- com naftalina - num baú inútil.
Por mim abdico desses vãos cuidados.
Deixai-me ser liricamente fútil!

Estou resolvido. Vou abrir falência.
(Bandeira rubra desfraldada ao vento:
"Hoje, leilão!") Liquida-se a existência
- por retirada para o esquecimento ...

daniel filipe

Comments: Enviar um comentário
This page is powered by Blogger. Isn't yours? Weblog Commenting by HaloScan.com