<$BlogRSDUrl$>

sexta-feira, agosto 22

_ismos 

para mim, claramente, israel é um estado que se poderia encaixar na definição de fundamentalista_ infelizmente, e apesar de toda a simpatia que me merece o povo judeu, vítima de incontaveis atrocidades ao longo de toda a sua longa história (uma história de preconceitos e de perseguições, mas também de coragem e talento), o estado de israel representa muito mal os ideais e os sonhos desse povo_ possui um governo dominado por partidos religiosos, partidos frequentemente fundamentalistas e racistas, onde não existe uma clara separação estado-religião, e onde as correntes judaicas mais progressistas (dominantes noutras partes do mundo, como nos estados unidos) são marginalizadas quando não perseguidas_
a tática do ollho por olho não levará a lado nenhum_ nesta altura todas as partes têm razão_ logo ninguém tem razão! todos têm razão de queixa, todos sofrem com a situação, todos morrem por coisa nenhuma_ não me parece que a estratégia de terminar com o diálogo quando as coisas começam a correr mal, e começar a matarem-se uns aos outros faça as coisas correrem melhor_ não me parece que leve a lado algum_
a memória neste caso é uma desvantagem_ as queixas duram à demasiado tempo, existem demasiadas vítimas_ é muito difícil colocar um ponto final ao olho por olho, é muito difícil esquecer_ mas devia dar-se uma oportunidade ao esquecimento, ao perdão, à tolerância, ao futuro_ é necessária a paz dos corajosos, os que não hesitam em esquecer_

Comments: Enviar um comentário
This page is powered by Blogger. Isn't yours? Weblog Commenting by HaloScan.com