<$BlogRSDUrl$>

quarta-feira, julho 16

António Lobo Antunes 

A mim perguntam-me, com igual incompreensão, porque não saio, não me divirto, não vivo. A frase é exactamente esta - Não gostas de viver? - e continua a pasmar-me. Depois percebo que não há nada mais chato para os outros do que um homem que não se chateia. As pessoas que se chateiam precisam, como elas dizem, de distrair-se, de viver: cinemas, jantares, viagens, fins-de-semana. E riem, são aquilo a que se chama boas companhias, conversam. Eu detesto distrair-me, ter de ser simpático, ouvir coisas que não me interessam. Não frequento lançamentos, festas, bares... Não falo. Não apareço. Não me vêem...
(António Lobo Antunes, In Visão, 10 de Julho de 2003)
Enviado pela Marta C

Comments: Enviar um comentário
This page is powered by Blogger. Isn't yours? Weblog Commenting by HaloScan.com